Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The book of stories

Um blogue que é o meu reflexo, e onde, as pequenas e grandes histórias têm lugar

The book of stories

Um blogue que é o meu reflexo, e onde, as pequenas e grandes histórias têm lugar

Seg | 28.01.19

O incrível mundo das apps de encontro e a fauna que por lá habita

Elisabete Pereira

artflow_201901281605.png

A minha vida romântica sempre foi algo...curta, ou quase inexistente, a verdade é que nunca senti aquelas coisas dos livros ou dos filmes românticos, foram poucas as vezes que me senti atraída por algum homem, e quando isso acontecia, rapidamente perdia o interesse...e a paciência também (acho que gosto demasiado de ser solteira). Mas enfim, nem todos são como eu, e existem muitas pessoas solteiras que acham que estar sozinhas é o fim do mundo, por causa disso metem-se em situações que chegam a ser bizarras (sim falo na moda que agora está na tv, de programas baseados em encontros com desconhecidos, mas não só).

Já não é propriamente um assunto novo, antigamente haviam pessoas que falavam com desconhecidos por carta, mais tarde surgiram os anúncios nos jornais, no auge do teletexto, haviam salas se chat, que depois passaram para a internet, e mais tarde, surgiram as apps de encontro.

Á muitas luas, descobri o incrivel mundo dessas apps, e desde então nunca mais fui a mesma pessoa...mentira, continuo igual, mas sem dúvida que aquilo é um lugar que precisa de ser estudado e investigado (a sério, há pessoas muito estranhas por lá). Tudo começou com uma conversa com uma amiga minha, que tinha se separado recentemente, e que para meu espanto se aventurou numa dessas apps e encontrou por lá um moço que aparentemente seria um bom partido (mais tarde veio a provar-se que não). Confesso que fiquei com certa curiosidade e fui espreitar, o que se revelou um grande erro, em menos de cinco minutos depois de me ter inscrito, fui bombardeada com dezenas de mensagens, vinham em catadupa, e eu que nem tinha uma foto propriamente incrível, nem maquilhagem usava na foto, e era algo desfocada. Percebi que anda por ali malta que anda à procura de "luta entre os lençóis" de graça, e isso não tem problema, desde que ambas as partes concordem com isso, o problema é quando acham que todas as mulheres que lá estão, também querem o mesmo, muitos nem se dão ao trabalho de ver o perfil da pessoa, viu a foto, gostou, e o resto não interessa; há quem nem tenha critério e envia mensagem para toooooodas as mulheres que lá estão, não importa a idade, não importa nada, e como sei isto, porque são aqueles que mandam-te apenas um "olá", "tudo bem?", "bom dia", "como estás?" (não se pode perder tempo com frases grandes, e há sempre a esperança de alguma cair na rede), os que são casados (mas como ninguém vê a marca da aliança na app, está tudo bem?!), os que passam a vida a tirar fotos em tronco nu (marketing estratégico...mas com pouco conteúdo), e aqueles que são aparentemente normais (aquele tipo de pessoa que passa por nós na rua) mas no fim descobre-se que tem um ou dois parafusos a menos. Estive nessa app cerca de dois dias, até ao momento em que comecei a pensar no que a minha vida tinha dado de tão errado para eu parar ali, e por isso apaguei o meu registo. A conclusão que tiro desta experiência? Nenhuma, apenas perdi tempo da minha vida, que já não volta; que existe muita solidão no mundo, e que as pessoas estão dispostas a tudo (ou quase tudo) para terem...eu não diria amor, mas sobretudo atenção, e também colmatarem a carência que sentem...é triste, mas é uma realidade, peço desculpa, mas eu não acredito que relacionamentos começados online acabem por dar certo, se nunca conhecemos ninguém na vida real a 100%, como podemos conhecer alguém que nunca vimos? Há quem diga que existem casais que se juntaram assim, mas eu pergunto, há quanto tempo estão juntos? Será que um deles ainda continua nesse tipo de apps sem o outro saber? E poderia continuar nisto, mas o texto já está a ficar muito comprido, e por isso termino com o seguinte: "Parem o mundo que eu quero descer!"

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.