Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




"La manada" e a injustiça da própria justiça

por Elisabete Pereira, em 04.05.18

artflow_2018050417381_0.png

 Quando cinco "criaturas", chamemos assim, porque de minha vontade chamaria bem pior, mas este é um blogue com algum nível e respeito por quem o lê, violam uma jovem de 18 anos durante as festas de San Fermin no ano de 2016 isso deixa-me com uma ira, raiva, revolta, porque é a pior invasão de alguém sobre nós, sobre a nossa intimidade, sobre o nosso eu, infelizmente não me consigo colocar no lugar da jovem porque nunca passei por tal, não sei o terror que ela passou, a sensação de não ter controlo sobre o seu próprio corpo, obrigada a presenciar a atrocidade que fizeram com ela, sem poder fugir...a única coisa que ela pode fazer foi fechar os olhos e esperar que aquele pesadelo interminavel acabasse. Mas aquele pesadelo não irá acabar, irá ser revivido várias vezes na sua cabeça, a sua alma foi mutilada, ela nunca voltará a ser a mesma pessoa que era, por muita terapia, tratamento psicológico que venha a ter, ninguém lhe conseguirá retirar essa terrível memória.

Para piorar a situação ,a sentença destas "criaturas", foi por abuso sexual e não violação, e porquê, porque a vitima não se debateu...Como?! Mas está tudo doido?! Que hipótese ela tinha contra cinco homens, ela entrou em choque perante aquela situação!!! Um dos juízes queria a absolvição dos próprios arguidos! Na minha opinião a sentença foi ridícula e reflecte bem o que ainda anda por aí na nossa sociedade, é quase subentendido que a culpa foi da vitima, o célebre "a culpa é das mulheres que andam descascada, e os homens, coitados, não se conseguem controlar"

Esta "la manada" (como se intitulavam no whatsapp) acabou por ganhar esta batalha de certa forma, pois a sentença foi muito menor do que a esperada, mas a guerra não, porque este caso ganhou extensão além fronteiras, e esta jovem ganhou o apoio de uma nação inteira, e internacionalmente também,eu acredito (quero acreditar) que este caso ganhará um novo final,e que se faça justiça, por esta jovem, e por todos aqueles que já passaram por situações do género, para que nenhum filho da mãe volte a sair impune.

 

#NoEsNo

#YoSiTeCreo

#NoEsAbusoEsViolacion

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:36



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D