Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The book of stories

The book of stories

Ter | 11.09.18

Incrível como já se passaram 17 anos...

Elisabete Pereira

axel-houmadi-325307-unsplash.jpg

 

...desde a tragédia do World Trade Center, lembro perfeitamente desse dia, eu tinha 12 anos, e parecia ser mais um dia de verão igual a tantos outros até aí, as aulas estavam quase a começar, e lá para o final do almoço, deviam faltar uns 15-20 minutos para a 1 da tarde, e a emissão do programa de tv (acho que era a praça da alegria) foi interrompida por uma noticia de última hora por parte da Sky News, que mostrava um incêndio na torre norte do World Trade Center, a esta altura ainda ninguém fazia a ideia qual a causa do incêndio. Lembro de ver as pessoas na rua a olharem para as chamas do edificio, até que a dada altura começa a circular o boato de que poderá ter sido um avião a embater no edificio, pouco tempo depois é mostrado em directo o embate de um avião na torre sul, até aqui ninguém havia avançado uma tese de ataque terrorista, mas após este impacto essa hipotese começa a surgir, há pessoas nas ruas em volta do edificio que ficam paradas a observar aquele cenário, outras fogem dali, vejo pessoas que no desespero de não serem apanhadas pelas chamas que se atiram para a morte, vejo pessoas que acenam com lenços brancos através das janelas, pedindo socorro, mas como, se é impossivel lá chegar, há gritos, muitos gritos....de repente a torre sul cai, as pessoas nas ruas fogem em pânico, e de repente uma nuvem de pó e destroços invade toda a rua... Pouco depois, pessoas cheias de pó e sanguem surgem a correr a são apoiadas por outros, há demasiada confusão no ar, e nós, do outro lado do mar, sem nada podermos fazer, senão continuar-mos a observar atónitos para tudo o que está a acontecer. Minutos mais tarde cai também a torre norte, há momentos de pânico, mas sobretudo de estupefacção, aquilo parecia irreal, mas como aquilo era possível?

Durante o resto do dia, os noticiarios dos três canais generalistas mantiveram-se ininterruptamente durante toda a tarde e noite, ligados a esta tragédia, não me lembro de isso ter voltado a acontecer, o que dá para ver qual foi a dimensão desta tragédia. Durante semanas isto foi tema do dia, desde o resgate de possiveis pessoas vivas nos escombros, até á descoberta da identificação das vitimas, até aí eram milhares de pessoas sem rosto, mas quando se descobre um nome, é todo um impacto diferente, porque essas pessoas tinham uma vida, uma familia que ficou desvastada....

Faz hoje dezassete anos sobre esta tragédia, e de lá para cá, muito se escreveu, debateu, etc, não vou acrescentar mais, apenas direi que á dezassete anos o mundo mudou...perdeu a sua inocência.