Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




És apenas mais um numa enorme pilha de currículos

por Elisabete Pereira, em 13.07.18

rawpixel-552390-unsplash.jpg

 

Quando andamos á procura de emprego é comum dizerem-nos que devemos rechear/melhorar o nosso currículo o melhor possivel para este chamar a atenção do possível empregador...mas a realidade pode ser um pouco diferente.

Como ando numa situação em que quero mudar de emprego, comecei por enviar vários currículos para diferentes ofertas de emprego, mas o tempo foi passando, e praticamente nunca mais tinha notícias de nenhum dos locais a que me tinha candidatado(e este mês, sem exagero, devo ter enviado o meu currículo para mais de trinta ofertas de emprego), no entanto estes dias recebi finalmente o feedback positivo de uma oferta de emprego e a marcarem uma entrevista, pensei "queres ver que é desta?" Não foi, porque queriam que eu praticamente começasse logo a trabalhar na semana a seguir, e eu tenho que dar o tempo á casa no meu actual emprego, isto não teria nada de mais se não fosse um pequeno porém, na véspera ligaram-me para tratar da entrevista e eu disse que estava a trabalhar, mas mesmo assim quiseram marcar a entrevista á mesma, ainda por cima a pessoa que falou comigo ao telefone estava também na entrevista, e ficou surpreendida por eu dizer que naquele momento eu estava a trabalhar...e eu fiquei tipo... "então mas eu disse-lhe isso mesmo ontem e você não se importou, e agora é isto?" O que me leva a concluir que praticamente eles não estão minimamente atentos áquilo que nós dizemos, e que o que lhes importa é ter bastante gente para entrevistar para assim terem mais opções, só que assim fazem os candidatos perderem tempo com coisas que não levam a nada. Os currículos também têm muito que se lhes diga, na várias entrevistas a que já fui, deu para tirar a conclusão de que o currículo é analisado apenas quando se está a ser entrevistado, ou seja, de nada vale se tu fazes um currículo todo xpto, porque ao fim ao cabo podes nem sequer ser chamado para uma entrevista, mesmo que tenhas uma experiência de emprego de fazer inveja, se não tiveres a sorte de o teu curriculo ser um dos que é pescado das imensas pilhas de currículos que as empresas recebem, no final trata-se de uma questão de sorte, é estar no momento certo á hora certa, ou neste caso, teres a sorte do teu currículo ser o escolhido, ires á entrevista e seres aceite.

Eu por cá continuo, a ver se a minha sorte muda, e assim conseguir mudar de emprego. Façam figas por mim!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:41



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D