Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The book of stories

The book of stories

Sab | 23.02.19

Duas mulheres solteiras a lutar por causa do buquê da noiva, pronto, era só isto

Elisabete Pereira

emoji_default_g_401_girl8_47c68e70_bd81_497e_8e27_

Quem não se lembra de ver em filmes de comédia, principalmente onde existem cerimónias de casamento, a típica luta das mulheres solteiras para apanhar o buquê da noiva? Se é engraçado? Claro que sim, ainda mais se pensarmos que aquilo serve apenas para demonstrar um exagero, ou seja, aquilo nunca iria acontecer na vida real, afinal somos mais civilizados do que isso. O pior é quando este tipo de situação passa para a vida real, e acabas por ver um vídeo na internet onde essa realidade é demonstrada, e não é uma coisa leve, é uma luta de verdade, em que duas mulheres acabam no chão aos socos e puxões de cabelo, e tudo por causa de um ramo de flores. É estranho pensar que em pleno século XXI ainda se dar importância a uma crença sem fundamento, e pior, chegar á conclusão de que há mulheres que  têm terror em ficar solteiras, e não, não estou a exagerar, infelizmente este vídeo mostrou que há um longo caminho a percorrer, e isso deixa-me verdadeiramente triste. Lembro de quando foi o casamento do meu irmão, ter sido praticamente empurrada para ir ter com o grupo de mulheres solteiras para apanhar o buquê da noiva, achei aquilo ridículo e parvo, é como se incomodasse aos outros o facto de me estar a borrifar para me casar ou não. Ninguém deveria interferir nas escolhas de vida de ninguém, nem meter na cabeça dos outros, que se não fizeres o que a sociedade impõe, vão-te acontecer uma série de desgraças na tua vida. É como quando vêem aquelas pessoas perguntar "Então, uma rapariga tão bonita e solteira?" ou "Quando é que vocês se casam?" ou "Já casaram há um tempinho, quando começam a ter filhos?" e por aí fora. Felizmente, é muito raro ser convidada para casamentos, mas caso seja, e alguém me disser o seguinte: "A próxima és tu" aproveito, e mal encontre essa pessoa num funeral vou lhe dizer baixinho ao ouvido: "A próxima és tu".

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.