Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



berkay-gumustekin-402114-unsplash.jpg

Este sábado aconteceu-me daquelas coisas que me fazem exlamar, "mas que raio?!"

Estava eu no meu intervalo, e ia para o sitio de costume quando de repente vejo algo que me prendeu a atenção, num dos carros que passavam na estrada, vi uma coisa acastanhada meia que pendurada do lado de fora do carro na parte do pendura, conforme o carro foi se aproximando, percebi com espanto que essa "coisa" era um cão de tamanho médio e de raça indefinida, em grande aflição, porque como tinha coleira e trela, notei que o condutor do carro segurava essa trela, e o bichinho debatia-se para acompanhar o carro e para não ficar estrangulado pela própria coleira. Decidi ir ter logo com o carro, não podia ficar indiferente e como o carro andava devagar foi fácil de o apanhar, nessa altura o condutor (que não deveria ter mais de uns 18-20 anos) parou, e na breve conversa entendi que o cão saltou para fora do carro através da janela aberta, e o dono pegou pela trela para não fugir, o problema é que o cão não conseguia voltar a entrar, então lá peguei no cão (nem me passou pela cabeça que ele poderia morder, mas o bichinho foi muito meigo, acho que estava mais assustado do que outra coisa qualquer) e lá o coloquei dentro, entretanto o dono fechou o vidro do carro, mas antes agradeceu-me e cada um de nós foi á sua vida. Depois deste episódio comecei a reflectir que algumas pessoas não deveriam ter animais de estimação, não falo daqueles individuos que maltratatam os animais, porque esses nem mercem ser lembrados de tão vis que são, falo dos outros, daqueles que acham giro ter um cão para o "style", porque toda a gente tem, porque está na moda...enfim, depois não sabem lidar com um cão, humanizam o animal, e acham que este se irá comportar como um ser humano em miniatura, e então lá andam com o dito no carro, sem pensarem que este pode se lembrar de fazer algo inesperado, porque é esse o seu instinto natural, não têm uma capacidade de raciocinio como a nossa, não "compreendem" como nós, de que não podem saltar de uma janela de um carro em movimento, por exemplo. Eu nem vou por aquelas pessoas que se lembram de "vestir" os animais de estimação, é parvo, mas inofensivo, falo de quem está completamente a leste do que é ter um animal de estimação, não me sai da cabeça a imagem de um cão que morreu enforcado pela trela á uns meses na varanda de um prédio em Braga, e foi essa imagem que me levou a agir com este cão, porque seguramente, era o que iria acontecer a este cão também, caso ninguém fizesse nada, porque o dono sozinho não ia conseguir por si só ajudar a cão a sair daquela situação complicada. Mas este não é caso único, onde trabalho, tenho a oportunidade de ver várias pessoas que vão buscar comida de carro, e quando eu lhes entrego a comida pela janela vejo que uns quantos ostentam o cãozito no carro, sem se preocuparem com o facto de ele eventualmente poder fugir, ou até morder a mão de alguém. Eu não sou ninguém para estar acima do bem e do mal, e dizer o que é certo ou errado, mas quando pensarem em adoptar um animal de estimação, tenham a consciência de que eles não são brinquedos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D