Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The book of stories

The book of stories

Sex | 05.07.19

Aprender está disponível á distância de um clique

Elisabete Pereira

A primeira vez que vi um computador, eu tinha cerca de 4-5 anos, e foi amor á primeira vista, eu queria uma coisa daquelas na minha vida, mas só aos 14 é que realmente tive um. Nessa época ganhei num concurso escolar, a possibilidade de fazer um curso de informática completamente gratuito durante 3 anos, mas infelizmente acabei por não o poder fazer.

debby-hudson-asviIGR3CPE-unsplash.jpg

 

Enfim, a vida foi andando, e anos depois o meu velhinho pc com o windows xp começou a engasgar, na altura estava desempregada e tinha mais tempo livre, e então procurei várias versões linux para ver a que melhor encaixava no meu computador, encontrei uma baseada no Ubuntu (mas mais leve) e até hoje o meu computador funciona bem, um pouco lentinho, mas funciona ( quase 16 anos), e foi ai que descobri o terminal do linux ( poder escrever linhas de código para instalar coisas no computador foi quase viciante), o bichinho da informática continuava cá dentro, mas eu não tinha possibilidade de pagar um curso, e muito menos ir para a Universidade. Entretanto comecei a trabalhar num restaurante e deixei essa ideia para trás, durante um tempo as coisas andaram adormecidas...mas um dia foi procurar cursos online, e encontrei um curso de informática que me chamou a atenção no site da Udemy (que tem uma imensidão de cursos), além disso estava com uma grande promoção, decidi aproveitar e é por isso que há algum tempo estou um pouco sumida daqui, é que entre trabalho e estudo, sobra basicamente tempo para dormir e só, mas mesmo assim estou a adorar poder estudar algo que gosto, e quem sabe, pode ser útil para mim no futuro. Por isso, se colocar um texto aqui de vez em quando, não é porque desisti do blogue, é porque ando ocupada...mas, volta e meia irei arranjar um tempinho para escrever aqui. Quem sabe, se o meu exemplo poderá sirvar de inspiração para outras pessoas poderem estudar também, há cursos bons na internet, e por bons preços (alguns até de graça), difícil é escolher.

2 comentários

Comentar post