Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The book of stories

The book of stories

Seg | 05.03.18

Ai ai, a chuva....

Elisabete Pereira

craig-whitehead-280825-unsplash.jpg

...bem, eu sei que ela é necessária, mas isso não signifiva que eu tenha que gostar dela, e então quando há vento á mistura, estão criadas as condições para uma pessoa ficar completamente encharcada, pessoalmente não me agrada muito andar a lutar com o meu guarda-chuva porque o vento se lembra de mudar de direcção de cinco em cinco segundos, e no fim vence a chuva, ou porque lá se vão as varetas do guarda-chuva, ou porque por muito que tentemos acabamos sempre molhados.

Já estamos quase no fim do Inverno, embora não pareça, e a minha paciência para com a chuva já não é das melhores, mas para me alegrar um pouco decidi fazer umas rimas sobre a chuva:

 

Lá vai um guarda-chuva a voar

Com as varetas viradas ao contrário

Coitado do senhor que não para de barafustar

É normal, está mais encharcado que um canário!

 

As pessoas andam todas encurvadas

Com as mãos a tapar a cabeça

Não vêm é que os carros deslizam sobre enormes poças

dando-lhes um banho de surpresa!

 

A senhora do quinto esquerdo está muito agradada

Realizou o seu sonho de ter piscina em casa

Nem precisou de gastar dinheiro

Tem a sua garagem inundada.

 

(Pronto, acho que agora já acalmei um pouco do azedume que tenho para com a chuva)