Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The book of stories

The book of stories

Seg | 17.06.19

A onda, o ocaso...e uma foto

Elisabete Pereira

lens-1209823_1920.jpg

 

Ás vezes penso que sou aquele tipo de pessoa que aparenta saber de tudo (embora não seja verdade), só isso explica a quantidade de pessoas que vêm ter comigo a perguntar sobre coisas, mas desta vez foi um pouco diferente. Um senhor, com cerca de 65-70 anos e vestido de forma impecável veio ter comigo (eu estava com os headphones postos a ouvir e a ver um vídeo no telemóvel), e perguntou se eu podia ajuda-lo numa coisa, explicou que fazia parte de um grupo de fotografia amadora, e que tinha de enviar uma foto com pelo menos um de três temas, o primeiro não recordo, mas os dois seguintes eram o ocaso e onda, e mostrando uma foto no telemóvel dele perguntou se eu achava que aquela foto se enquadrava no tema (era uma paisagem da margem de um rio/lago com um pôr-do-sol em plano de fundo), eu respondi que sim, e ele voltou a perguntar se eu tinha a certeza, e eu voltei a responder afirmativamente e ele agradeceu-me a ajuda e foi-se embora. Achei graça pois foi algo diferente, e porque estes dias li um livro de Pam Grout, nesse livro falava num exercicio de 48 horas, e eu por brincadeira fiz, o livro gira em torna da ideia de que o ser humano tem mais capacidades do que julga, mas que para isso é preciso saber ir buscar, e o exercicio era basicamente pedir um sinal durante essas 48 horas (não precisava ser uma grande coisa, por exemplo, de repente alguém desconhecido na rua te oferecer uma flor, uma moeda encontrada no chão, etc), e esta situação ocorreu cerca de uma hora depois dessas 48 horas terem terminado, pode ter sido apenas uma boa coincidência, mas como diz o outro : "eu não acredito em bruxas, mas que as há, há."