Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A minha professora da escola primária

por Elisabete Pereira, em 13.02.18

IMG_20180212_161036.jpg

 

Á uns dias ouvi na rádio sobre o facto de este ano ser atribuído o prémio de melhor professor do ano em Portugal, e recordei-me da minha professora da escola primária, a professora Conceição, ela acompanhou-me do primeiro ano até ao terceiro ano, altura em que mudei de escola.

Considero aínda hoje uma professora muito especial, e apesar de ter perdido o contacto com ela há muitos anos, guardo no coração as memórias que tenho dela, desde logo o facto de ter sido com ela que aprendi a ler e a escrever, o que só de si já é algo muito importante, mas também quando ela pegava nas composições que eu escrevia e ia mostrar ás outras professoras da escola porque eu escrevia muito bem para a idade que eu tinha na altura, e de como ela incentivava toda a turma a ler, numa época em que aínda nem existia o plano nacional de leitura, recordo de uma ocasião em particular em que ela pegou na coleção dos livros da Anita da própria filha, e colocou á disposição da turma para cada um de nós levar para casa e ler.

No final do nosso primeiro ano, ela levou-nos para fora da sala de aula e disse que tinha uma noticia para nos dar, que tinhamos passado de ano, e nisto entrega a cada um um livrinho de presente, o meu era, se não me engano "Pateta o detective".

Acho que o meu gosto pelos livros se deve muito á professora Conceição, mal acabei de ler os livros que podia levar para casa, ela deixou que eu levasse os exemplares de livros escolares que as editores entregavam nas escolas para os professores escolherem os que iriam usar no ano lectivo seguinte ( só levava os de Português e os de Estudo do Meio), no fim do terceiro ano ela deixou que cada aluno ficasse com exemplar desses livros.

A minha mãe por vezes, diz na brincadeira que eu fui demasiado mimada pela professora, mas eu até merecia, era boa aluna e gostava da escola (claro que quando fui para a preparatória a minha opinião sobre a escola mudou um pouco)

Já não a vejo á quase vinte anos, mas ainda assim é com grande carinho que relembro estas memórias que tenho dela.

(Na foto eu sou a magricela de óculos e cabelo á tigela...parece que estou numa posição estranha, mas estou apenas a comer o meu pão com tuli-creme, afinal a foto foi tirada na hora do lanche da manhã)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D